Tate no Yuusha no Nariagari

    Eai people, tranquilo?

    Como já devem sabem Kenja no Mago recebeu uma adaptação para anime que foi lançado dia 11 desse mês (Abril), e por sinal foi feita uma postagem sobre suas primeiras impressões. Quem ainda não conhece Kenja no Mago eu recomendo que assista o primeiro episódio e acesse o post linkado para evitar problemas — Spoilers!

    — Pela primeira vez em um anime que tem bastante foco na comédia eu senti os primeiros momentos de tensão.

    Então pessoal, Kenja no Mago chega com seu terceiro episódio, mantendo o clima de comédia enquanto temos foco no desenvolvimento do romance entre protagonista e a heroína. O destaque desse episódio vai para o primeiro conflito que expõe Shin ao perigo real.

    Quer saber mais? Segue lendo ai!

    Kenja no Mago continua usando bastante da comédia como meio de fortalecer os laços entre o protagonista e os outros personagens com que convive diariamente. Além da comédia romântica que aproxima cada vez mais Sicily e Shin aumentando o "Shippe" entre os fãs, também vemos mais proximidade entre August e Shin.


    — Eu quase vejo esses dois como irmãos, sério.

    Um detalhe de August que podemos perceber no episódio anterior é seu lado persuasivo — Persuasão é uma estratégia de comunicação usada para convencer outras pessoas através de recursos emocionais ou simbólicos. — quando ele usa desse meio para convencer Shin que não estava querendo fazer o discurso como representante dos novos alunos ingressados na Academia de Magia. No caso desse episódio, usou em um de seus guarda costas.


    Apesar disso, August não faz nada por maldade, apenas usa para provocar Shin quando pode. Acredito que isso fortaleça o verdadeiro motivo da sua persuasão. Por ser o herdeiro do reino, é algo necessário para um futuro Rei, afinal ele lidará com política e outras responsabilidades, então isso pode ser visto como um ponto positivo do personagem que também é usado para criar outros momentos.

    Nesse mesmo episódio, são trazidos em cenas rápidas alguns sinais sobre qual é a verdadeira ameaça nesse novo mundo. Já havia sido revelado que Merlin e Melinda foram dois grandes heróis que salvaram o reino de Earlshide do ataque de um demônio anos atrás. Agora o mesmo perigo parece estar retornando só que ainda pior, e é criada a teoria de que demônios estão sendo criados artificialmente.

    A história é desenvolvida à partir dos pensamentos e raciocínios de cada personagem, o que inicialmente apenas geram perguntas, mas no decorrer do episódio já é possível começar a entender o que realmente está acontecendo. Começando pelas atitudes agressivas de Kurt contra seus colegas que chega a quebrar lei imposta pelo reino, e também contra seu próprio pai que se assusta ao não reconhecer seu próprio filho depois do que escuta.


    Durante a própria explicação é finalmente apresentado o antagonista. Um ex professor da Academia de Magia exilado do Império. Onde sua primeira aparição é quando vai até a casa de Kurt, e manipula o garoto com poderes demoníacos, dando a ele poder para destruir quem fosse contra seus próprios desejos.

    O que nos leva à questão comentada inicialmente. Os primeiros momentos de tensão de Kenja no Mago!

    Shin e os demais são surpreendidos por um ataque vindo de Kurt. O ataque não havia intenção de ferir, mas de matar. Nesse momento se percebe que apesar do protagonista ser realmente Overpower como a história nos mostra, ele também tem suas fraquezas. Como por exemplo os dedos sendo queimados pelo ataque de Kurt, mesmo ele defendendo seus colegas com uma barreira mágica.

    Outras coisas que aumentarão a tensão da cena foi Shin dizendo para que todos ativassem a proteção de seus uniformes, indicando que o perigo era realmente grande. Além disso a dublagem de Kurt ficou sensacional, mantendo uma qualidade impecável.

    Os efeitos sonoros junto da qualidade visual e da voz transmitindo raiva e ódio criaram cenas impactantes e imersivas. Infelizmente o que deixou a desejar nessa parte foi apenas a música mesmo.




    — Mas eu me arrepiei, sério!

    Ainda nesse evento da luta entre Shin e Kurt, é apresentado o processo de "Demonização", que acontece quando Magos perdem o controle de uma magia extremamente poderosa e se tornam Demônios. Contudo, Kurt estava em processo para de se tornar um, o que o fez completar o processo foi o excesso de magia que estava usando e não possuía controle. — Além da própria lavagem cerebral que sofreu.

    Quero ressaltar novamente os efeitos visuais, porque notei que utilizaram efeitos de distorciam de cores, — algo semelhante ao Glitch — e isso deixou as cenas de poderes demoníacos ainda mais intensas. Graças a isso, foi possível construir uma aura bem mais pesada, foram usadas muito as cores vibrantes como vermelho e roxo.

    Durante a luta, Shin percebeu algumas anomalias que eram diferentes do que Merlin havia descrito. E por mais que quisesse tentar reverter a transformação, a situação não o deu outra escolha.

    Não houve bem uma coreografia durante a luta, mas a animação segue mantendo seu padrão de qualidade.

    E chegamos ao fim de mais uma análise de Kenja no Mago!
    Mas e você? Tem algum ponto que achou interessante e não encontrou aqui?
    Deixe nos comentários!

    Acompanhe a AniPlease pelas Redes Sociais para sempre se manter informado, e não esqueça de compartilhar com seus amigos! Grande Abraço!


「 Luke: Escritor e Fundador do AniPlease!, Filmmaker, Estudante de Marketing, Otaku e Viciado em Café 」
 
AniPlease! é um site feito para fãs da Cultura POP Oriental com o propósito de trazer informações de forma completa, inteligente e divertida para todos.